27 de Novembro de 2018

Empresários cristãos devem ter “sentido de missão”

Publicado por Fonte: Vatican News

“O nosso desafio é estar no mundo, sem ser do mundo, para transformar o mundo, e este é um modelo que nos torna mais exigentes”.

Declarações à VATICAN NEWS de João Pedro Tavares, presidente da Associação Cristã de Gestores e Empresários em Portugal, que acolheu de 22 a 24 de novembro em Lisboa o 26.º Congresso Mundial da União Internacional Cristã dos Dirigentes de Empresas (Uniapac).

Uma vocação que deve ser vivida “com sentido de missão, centrada no longo prazo, na criação de valor, na justa distribuição de valor, na defesa da dignidade da pessoa humana, na promoção do bem comum,” diz aquele responsável que defende uma mudança da “matriz base do sistema financeiro”.

“A realidade social e a inclusividade são realidades que têm de fazer parte do mundo dos negócios”, explica João Pedro Tavares que cita o Papa Francisco para dizer que “a ética está nas pessoas, não está na tecnologia”.

Numa mensagem enviada aos cerca de 450 empresários, cristãos e não cristãos que participaram no congresso, o Papa saudou a iniciativa e pediu aos empresários para “serem fiéis” à sua “vocação e missão”.

Isto “implica manter um equilíbrio delicado entre inovação e competitividade e ao mesmo tempo o progresso em ordem ao bem comum, à dignidade humana e ao uso apropriado dos recursos naturais”, precisa o papa.

Por sua vez, o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou uma vídeo-mensagem aos congressistas na qual sublinha que “promover a dignidade da pessoa no meio empresarial implica uma atenção constante ao mérito, à promoção da equidade e da justiça, mas também da competência, do sentido do serviço dos outros”.

A abertura dos trabalhos contou também com uma intervenção gravada do Cardeal Peter Turkson, Presidente do Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, da Santa Sé.

Aquele prelado defendeu que o “capital” financeiro só será verdadeiramente uma mais-valia se chamar “à livre responsabilidade de ajudar os mais pobres”.

A União Internacional Cristã dos Dirigentes de Empresas atribuiu ainda neste congresso o prémio ‘Negócio como uma nobre vocação” ao filipino Ramon del Rosario, por um projeto que privilegia o apoio às populações carenciadas daquele país.

O próximo congresso da Uniapac vai ter lugar nas Filipinas em 2021, revelou em Lisboa o presidente daquele organismo, Rolando Medeiros, que destacou a relevância do evento “acontecer durante as comemorações dos 500 anos da evangelização cristã das Filipinas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *