30 de Janeiro de 2019

Vigília será realizada em solidariedade às vítimas de Brumadinho

Publicado por

Nesta sexta-feira (1/2), completa-se uma semana da tragédia em Brumadinho (MG), na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Até o momento, 84 mortos foram confirmados e 276 pessoas permanecem desaparecidas. Em solidariedade aos atingidos e suas famílias, o Movimento dos Atingidos por Barragem (Mab) promoverá uma vigília, nesta sexta-feira (1/2), às 18h30, em frente à portaria sul da Vale, em Jardim Camburi, Vitória.

O Mab espera reuniu representantes de toda a sociedade capixaba, inclusive atingidos e atingidas pela tragédia de Mariana, ocorrida em 2015. Confirma presença o bispo diocesano de Colatina, dom Joaquim Wladimir Lopes Dias. Venha participar desse momento de fortalecimento, união e solidariedade!

Lembramos que a tragédia em Brumadinho aconteceu no último dia 25 de janeiro, após o rompimento de uma barragem com rejeitos de mineração pertencente à empresa Vale. O mar de lama deixou mortos, desaparecidos e destruiu casas e propriedade da região. Situação similar aconteceu na cidade de Mariana (MG), em 5 de novembro de 2015, quando uma barragem também com rejeitos de minério da Samarco se rompeu, matando 19 pessoas e deixando milhares de moradores da região sem casa, água e trabalho. Nessa ocasião, a lama chegou ao Rio Doce, contaminando a água e destruindo a biodiversidade até a sua foz, no litoral do Espírito Santo.

Rompimento da barragem em Mariana (2015)

Um comentário sobre “Vigília será realizada em solidariedade às vítimas de Brumadinho”

  1. Nossa água, nossos recursos naturais, nossas vidas não podem ser trocados por um punhado de dólares. Antes da privatização os funcionários da Vale tinham salários melhores e não havia tanta poluição na Grande Vitória. Privatizar com responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *